O Rei Leão




The King Has Returned

De todas a grandes obras que constituíram o auge da Walt Disney Pictures, a época conhecida como Disney Renaiscence e que teve lugar entre os anos de 1989 e 1999, "O Rei Leão" é... a melhor.

Que se calem todos aqueles que ousam duvidar da qualidade e importância do género animado, e que se ergam as vozes que enaltecem a verdadeira essência do filme de animação, presente de forma incontestável nesta suprema obra-prima animada que é "O Rei Leão".

A animação trata-se de um mero veículo que visa tornar "O Rei Leão" mais acessível às massas, tal é a essência divina que o define. Essência esta que suporta um arrepiante e tocante drama sobre as relações familiares -sobretudo o binómio pai/filho- que, por sua vez, é abençoado com a (brilhante) inserção na cultura africana, permitindo uma série de pormenores e referências verdadeiramente impagáveis.
Aqui ficam os dois aspectos que tornam "O Rei Leão" no melhor filme animado de sempre: um argumento com uma profundidade nunca antes (ou depois) vista, bem como um dos mais maravilhosos, e culturalmente e visualmente recompensadores contextos desejáveis.

Argumento este que se traduz, sobretudo, numa série de deliciosas e inesquecíveis personagens, como é o caso do portentoso vilão Scar (que portentoso desempenho vocal de Jeremy Irons, a propósito...) ou a brilhante dupla humorística Timon e Pumba.
A realização é igualmente majestosa, com o idealizar de uma variedade de cenas tão épicas quanto maravilhosas (a sequência inicial, a morte de Mufasa, o final).

E claro, toda a segurança é fornecida pelos excelsos estúdios Disney que, para além de uma estonteante animação (como sempre), se esforçam para nos oferecer a mais memorável banda-sonora já experienciada. E para isto, ao sempre fenomenal trabalho de Hans Zimmer, juntou-se a indispensável colaboração de Elton John. E o resultado é de um primor incrível: temas como Hakuna Matata, Circle of Life e, claro, Can You Feel the Love Tonight? perdurarão para sempre na mente do mais ávido cinéfilo.

Por tudo isto e muito mais, "O Rei Leão" não tem como não se assumir como o melhor filme animado de sempre.


O Rei regressou. E, agora, por fim, é para ficar.


"A king's time as ruler rises and falls like the sun. One day, Simba, the sun will set on my time here, and will rise with you as the new king."

"Well, as far as brains go, I got the lion's share. But, when it comes to brute strength... I'm afraid I'm at the shallow end of the gene pool."

"It is time."

"Run away Simba... Run away, and never return."


4 Eloquentes Intervenções Escritas:

AlexSupertramp disse...

Concordo contigo. Sem dúvida o melhor filme de animação.

Abraço

João Bastos disse...

Eu vou mais longe... Além de ser o melhor filme de animação de sempre, é um dos melhores filmes de sempre (sejam de animação ou não).

Já te disse num comentário a outro post, mas volto a repetir: aquela introdução é do mais belo que há... Pura arte. E já que referes Jeremy Irons, que belo momento o da canção deste com as hienas...

Tenho também de dizer que a dobragem do filme está excelente no nosso português, Muito mal se fala por vezes das dobragens, mas neste caso é quase tão bom como a versão em ingles.

Abraço

Loot disse...

Tem uma das melhores introduções de sempre no Cinema.

É o meu preferido da Disney sem dúvida (mas ainda me faltam ver alguns clássicos)

A animação é um mundo gigante, é-me impossível escolher apenas um. Há "Nightmare Before Christmas", há Manga e tantos outros.
Dentro deste género sim é para mim o melhor.

Abraço

Jackie Brown disse...

Alex,

Ainda bem :D


João,

E quem disse o contrário? ;)
É um dos melhores filmes de sempre!

A introdução é excelente, sem dúvida.
Quanto a Irons, esqueci-me de referir o seu estrondoso desempenho vocal nesta nova análise!
De qualquer forma, aí está outro excelente momento!

A dobragem em português... prefiro evitá-la... :D


Loot,

É verdade, e é também o meu preferido da Disney.

Do mundo gigante da animação ao qual já assisti, O Rei Leão tem vantagem sobre qualquer outro!


Abraços!

Enviar um comentário

O autor deste blogue apresenta os seus agradecimentos pelo comentário e relembra que este beneficiará sempre de uma resposta, já que cada comentário é tido como imprescincível e nunca subvalorizado.

Related Posts with Thumbnails