Kiss Kiss, Bang Bang


Harry Lockhart (Robert Downey Jr.) é um ladrão de quinta categoria, mas honesto. Durante um assalto que corre mal, o seu parceiro é abatido e Harry é perseguido pela polícia. Num golpe de sorte, acaba por ir parar a uma audição para um papel de um assaltante cujo parceiro é morto.
Saindo-se obviamente bem, Harry entra imediatamente no mundo de Hollywood, cruzando-se com duas carismáticas personagens: Gay Perry (Val Kilmer), um implacável detective privado (que é mesmo gay) que o ajudará a preparar-se para o seu papel, e Harmony Laine (Michelle Monaghan), uma velha paixão do liceu.
Infelizmente, os três ver-se-ão envolvidos num crime.

Uma gigantesca surpresa foi este "Kiss Kiss Bang Bang". Datado de 2005, a fita de Shane Black é um misto de thriller com comédia negra, que transpira carisma e estilo, e proporciona uma elevadíssima dose de entretenimento.
Eis um muito bem sucedido "buddy-movie", com um enredo inteligente, uma realização muito característica e bem trabalhada, e um elenco fantástico.
Shane Black tem aqui um trabalho muitíssimo competente, na elaboração deste pedaço de loucura tão saboroso. Cria uma história vibrante e credível, um conjunto de personagens memoráveis (onde o protagonista é também um desorientado e hilariante narrador) e rodeia-se de um elenco surpreendente e que encaixa na perfeição.

Shane Black realiza de forma tão sóbria este "Kiss Kiss Bang Bang", que não tem qualquer tipo de problema em ir mais longe. Não se agarra a nenhum género (apesar de se agarrar a algumas pessoas, visto que "Kiss Kiss Bang Bang" tem Tarantino all over it), satiriza os próprios conceitos a que adere, como os finais felizes, e parece ter uma aptidão especial para achar o humor nos pormenores mais sórdidos.
Enfim, não fosse o ritmo demasiado rápido de "Kiss Kiss Bang Bang" (o espectador não pode desviar os olhos do ecrã por um segundo), e Shane Black estava de parabéns.

De parabéns está mesmo o elenco, a começar pelo fabuloso Robert Downey Jr.. Um papel excelente, que adere como uma segunda pele ao actor, e que este personifica na perfeição. Pelo meio, ainda há tempo para arranjar uma química espantosa com o igualmente excelente Val Kilmer.
Pena que a relação de Downey Jr. com Michelle Monaghan seja tão seca.

Mas "Kiss Kiss Bang Bang" é uma proposta excelente, que garante entretenimento inteligente e ao rubro. Não pode ser ignorado.


"-Do you think I'm stupid?
-I don't think you'd know where to put food at, it you didn't flap your mouth so much. Yes, I think you're stupid."


2 Eloquentes Intervenções Escritas:

AlexSupertramp disse...

Uma grande surpresa sem dúvida.

Abraço

Jackie Brown disse...

Uma enorme surpresa, Alex.

Por momentos, senti-me tentado a dar as 4.5*

Abraço

Enviar um comentário

O autor deste blogue apresenta os seus agradecimentos pelo comentário e relembra que este beneficiará sempre de uma resposta, já que cada comentário é tido como imprescincível e nunca subvalorizado.

Related Posts with Thumbnails