Duro Amor

Larry Gigli(Ben Affleck) é um mafioso de classe baixa,que recebe por missão vigiar uma testemunha de um processo jurídico relacionado com o seu patrão.

Há que iniciar esta crítica,referindo a particularidade mais famosa da fita de Martin Brest,que se prende com o facto de ter feito o pleno nos Razzies,ao conquistar os de Pior Filme,Actor,Actriz,Realizador e Argumento.

Ora,ao saber deste facto,a minha curiosidade pela fita aumentou e tinha de ter a certeza se "Duro Amor" era tão mau quanto o pintavam.

E,honestamente,penso que não.Não me interpretem mal.É realmente um filme muito fraquito.Jennifer Lopez não vale um chavo como actriz,o argumento é demasiado complexo para uma comédia desta classe e a trama demasiado longa e cansativa.Já para não falar de Al Pacino e Christopher Walken que não se sabe muito bem o que andam por ali a fazer.

Mas "Duro Amor" não é mau de todo.Eu simpatizo com Ben Affleck,a realização de Brest é competente,e há que destacar um excelente Justin Bartha num papel de deficiente.

Enfim,"Duro Amor" é uma obra fraca que peca sobretudo pela complexidade argumentativa e ainda por demorar demasiado a ir directo ao ponto,tornando-se um filme maçador.Mas penso sinceramente que já se fez por aí bem pior que foi menos criticado,porque teve a sorte de não fazer o pleno nos Razzies.


Nota-2*

O Melhor-Justin Bartha.

O Pior-Muito longo e algo confuso para comédia romântica.

0 Eloquentes Intervenções Escritas:

Publicar um comentário

O autor deste blogue apresenta os seus agradecimentos pelo comentário e relembra que este beneficiará sempre de uma resposta, já que cada comentário é tido como imprescincível e nunca subvalorizado.

Related Posts with Thumbnails