Bem-vindo a Zombieland


Se numa qualquer enciclopédia existir o termo guilty pleasure, a imagem que o ilustrará será um poster de "Bem-vindo a Zombieland".

Violento, tresloucado, inconsequente e delirante, "Bem-vindo a Zombieland" é um dos filmes menos preconceituosos que já vi, com o puro intuito de divertir quem o vê.

A forma descontraída e despretensiosa como o realizador Ruben Fleischer aborda a história é impagável. O elenco foi escolhido a dedo, e Woody Harelson tem uma entrega total a um papel moldado especialmente para o seu grande talento e carisma.

E "Bem-vindo a Zombieland" nem tão pouco precisa de um argumento especialmente sólido para assegurar o entretenimento, já que perde força ao fim da primeiro hora.

O truque, está em saber aproveitar os recursos disponíveis, e em conquistar rapidamente o espectador. E Fleischer não perde tempo a fazê-lo, orquestrando nos primeiros minutos algumas das melhores ... bem, pelo menos das mais insólitas cenas de Cinema desta década.

E eu não sei quanto a vocês, mas em mim resultou.
O termo guilty pleasure nunca pareceu fazer tanto sentido.


"You're like a penguin on the north pole who hears that the south pole is really nice this time of the year.
-There are no penguins on the north pole.
-Do you wanna feel how hard I can punch?"

"-You got to enjoy the little things.
-I hate to give credit to someone who looks like Yosemite Sam, but i'm righting it down. Rule n.º 32: "Enjoy the little things."

"-You're not gonna shoot them, are you?
-Not unless the shoot me. Oh, I hope they shoot me."

[Filme re-analisado e análise re-editada a 14/08/10]

6 Eloquentes Intervenções Escritas:

Nekas disse...

Eu disse-te que o filme era incrível...

Abraço
http://nekascw.blogspot.com/

Fifeco (Filipe Ferraz Coutinho) disse...

Já eu considero que a sequência com o Bill Murray é a melhor de todo o filme :p

Nekas disse...

P.S.- Em relação às cenas de Bill Murray não sou da tua opinião nem do Filipe, pois tiveram a sua piada mas, para mim, as melhores partes do filme foi mesmo as mortes dos zombies e o slow motion...
Bravo!:p

Abraço
http://nekascw.blogspot.com/

CINE31 disse...

JB, segui o conselho de ver o filme, e não me arrependi nada! Adorei, até lhe concedi o Prémio Honorário Comédia de 2009:

http://cine31.blogspot.com/2010/01/zombieland.html

Obrigado ao JB pela dica!

CINE31 disse...

...já agora, as cenas do Bill Murray, principalmente a última, é a cena menos credível do filme. Digo eu!

Jackie Brown disse...

A todos,

Mudei a minha opinião em relação ao cameo de Murray ;)

Enviar um comentário

O autor deste blogue apresenta os seus agradecimentos pelo comentário e relembra que este beneficiará sempre de uma resposta, já que cada comentário é tido como imprescincível e nunca subvalorizado.

Related Posts with Thumbnails