O Planeta dos Macacos


O problema reside na produção. Tim Burton, realizador por quem nutro uma especial antipatia, bem tenta tornar "O Planeta dos Macacos" num épico à medida de, segundo dizem, "O Homem que veio do Futuro".

Mas os valores de produção deixam demais, demais a desejar: fotografia, guarda-roupa, efeitos especiais ou figurantes. Não deixam o filme ir mais longe. O que é uma pena.

A excepção é a caracterização. Fantástico trabalho, tão bom que chega a "engolir" alguns dos actores, como é o caso de Helena Bonham Carter.

Não obstante estes defeitos, acabei por gostar bastante deste "O Planeta dos Macacos", que tudo deve à estrondosa interpretação de Tim Roth. Brilhante trabalho do actor, a compor uma vilão inesquecível enquanto obtém uma das melhores interpretações da sua carreira. Igualmente brilhante é o trabalho de caracterização, que torna o personagem realmente intimidador.

O restante elenco é regular. Mark Wahlberg não tem estofo para protagonista e Estella Warren é só uma cara bonita. Os secundários Michael Clarke Duncan e Paul Giamatti, por seu lado, estão bastante bem.

Quanto à história em si, é interessante, embora se acabe por perder (confundir?) com intrigas políticas e muita disfunção espacio-temporal.

O final agradou-me. Dá uma sensação de desconforto e impotência deliciosa.

Acabo por encontrar mais defeitos do que qualidades neste "O Planeta dos Macacos", e concluo que... não consigo justificar a minha classificação...


"Everything in the human culture takes place below the waist."

11 Eloquentes Intervenções Escritas:

Roberto F. A. Simões disse...

Sim, eu também lhe atribuiria as 4 estrelas, embora considere que o que faltou foi mesmo a realização. Penso que a produção pôs ao dispôr de Burton altos valores: fotografia, cenários, guarda-roupa, caracterização (Rick Baker, impressionante e memorável, talvez no maior e melhor de todos os seus trabalhos)... o argumento é bom, quanto a mim, podendo ser melhor, é certo. As potencialidades reduziram-se com a falta de ambição na realização. Não há mestria na arte de filmar e a banda sonora é pavorosa, a lembrar o mais comum dos blockbusters.
As interpretações são magistrais: Tom Roth, Paul Giamatti, Clarke Duncan... concordo absolutamente que Wahlberg não tenha estofo de protagonista e que Carter tenha acabado abafada pela caracterização...
O saldo é um filme acima da média, mas uns furos abaixo das suas reais potencialidades.

Cumps.
Roberto Simões
» CINEROAD - A Estrada do Cinema «

Nekas disse...

Falas dele como mediano e depois não se justifica a pontuação. Mas talvez o cinema seja assim...


Abraço
Cinema as my World

Dora disse...

Não é o meu género de filme e seria à partida um que punha de lado. Mas vi-oa há muitos anos e gostei logo. Está impecável!

Jackie Brown disse...

Roberto,

Por acaso discordo. Acho que Tim Burton até tenta disfarçar as mazelas da produção... é uma pena que esta seja tão modesta.

Burton não filma com especial mestria, é verdade, mas em alguns momentos ainda se nota um cuidado estético evidente (sobretudo nas cenas filmadas naquela floresta).

Estamos em desacordo.


De resto, totalmente de acordo. Identifico-me particularmente com a tua última frase.


Bruno,

Tens razão. Mas olha que não consigo mesmo explicar-me. O Cinema é mesmo assim...


Dora,

Estás a ver? Agora só tens de fazer o mesmo com o Parque Jurássico ;)


Obrigado pelos comentários ;)

Dora disse...

Isso é que não!
Também não abona o facto de não gostar do Sam Neil.

Nasp disse...

Tou curioso de saber o que achas do filme original... muito mais muito melhor que este.

Eu detestei este, aquelas aterragens do Wahlberg são coisas de super-herois.

Jackie Brown disse...

Dora,

Realmente o Sam Neill é dos poucos defeitos deste filme... Mas tenta ingorá-lo, o Goldblum compensa ;)


Nasp,

Dificilmente verei o original...

O que queres dizer com "as aterragens"? Referes-te à queda da nave?


Obrigado pelos cometários ;)

Nasp disse...

Ya... se bem me lembro foram duas...pedras da calçada e alcatrão por todo o lado... até parece que estamos a ver o DragonBall ou algum filme do Hulk.

Achei esses promenores pateticos e completamente fora do contexto do filme.

Jackie Brown disse...

Nasp,

A sério? Por acaso nem reparei muito...
Sinceramente parece-me um aspecto secundário, mas tu lá saberás :D

Andreia Mandim disse...

Curiosamente, acho um dos piores filmes do Burton. E, comparado com o original, é fraquíssimo...

Cumprimentos,
http://cinemaschallenge.blogspot.com/

Rui Francisco Pereira disse...

Andreia,

Já estamos falados sobre o filme e Burton, obrigado pelo comentário ;)

Enviar um comentário

O autor deste blogue apresenta os seus agradecimentos pelo comentário e relembra que este beneficiará sempre de uma resposta, já que cada comentário é tido como imprescincível e nunca subvalorizado.

Related Posts with Thumbnails