Borat

Borat(Sacha Baron Cohen) é um repórter do Cazaquistão que vai seguir o seu sonho de viajar para a América,para fazer uma reportagem sobre os costumes americanos.Mas Borat depressa vai esquecer tudo isto,ao ficar maravilhado com Pamela Anderson.

"Borat" é um dos filmes mais polémicos da última década e Cohen um dos mais polémicos comediantes do seu tempo.Aliás,é errado classificar "Borat" como filme."Borat" é sim,um complexo estudo social não sobre o Cazaquistão,mas sobre a aparentemente perfeita américa e sobre a sua podridão.Apesar da cobertura humorística de que "Borat" se veste,de forma a causar menos impacto, é um documentário com intenção de dar um estalo de luva branca em toda a América.
Agora,há que ver as coisas do prisma americano.Se fossemos nós a andar na rua,gostaríamos de ser usados como objecto de gozo,por parte deste britânico cheio de lata?É certo que tem piada,mas não deixa de ser chato para as pessoas usadas.

Falando agora um pouco de Baron Cohen,será justo afirmar que este mereceu o Globo de Ouro,conquistado a estrelas como Johnny Depp?Eu penso que sim.A forma como Cohen concebeu o personagem,o seu visual,forma de andar e,claro,o maravilhoso sotaque.E se formos a pensar que Cohen é britânico,ainda mais aplauso têm de ser atribuídos.

Há que referir ainda o fabuloso argumento do filme,a transpirar inovação e humor,desde pormenores como Borat a lavar a cara na sanita até frases como "What gun would you recommend to shoot jews?".
Para concluir,"Borat" é uma obra interessante,hilariante e polémica.Os seus momentos de humor oscilam entre o genial(aula de condução) e o exagerado(luta pelo hotel).

0 Eloquentes Intervenções Escritas:

Publicar um comentário

O autor deste blogue apresenta os seus agradecimentos pelo comentário e relembra que este beneficiará sempre de uma resposta, já que cada comentário é tido como imprescincível e nunca subvalorizado.

Related Posts with Thumbnails