Piratas das Caraíbas: A Maldição do Pérola Negra


Sem dúvida uma das maiores surpresas desta última década, aquele que parecia ser apenas mais um filme da Disney viria a tornar-se não só um enorme fenómeno de culto e base para mais duas sequelas (também elas de grande sucesso comercial), mas também constituiria a prova final do derradeiro talento de Johnny Depp.

E de facto, "Piratas das Caraíbas: A Maldição do Pérola Negra" vive muito do seu excelente elenco. Johnny Depp constrói efectivamente um "boneco" inesquecível, o mais impensável dos piratas que, com maneirismos estranhos e uma indumentária a condizer, tão depressa consegue arrancar gargalhadas como assegurar a seriedade e a profundidade da história. É um personagem inteligente e bem mais complexo do que parece, mas não restam quaisquer dúvidas da qualidade da interpretação de Depp.

Geofrey Rush está também muito, muito bem. Sempre intimidante, tem uma interpretação à altura do personagem, tornando-o genuinamente mau mas sem nunca cair em estereótipos.
Keira Knightley dá os seus primeiros passos na representação, e fá-lo com muita classe ao contrário de Orlando Bloom.

O argumento assegura uma grande dose de entretenimento, já que está sempre um passo à frente do espectador e ostenta constantemente um pequeno twist para cativar a atenção.
A banda-sonora de Hans Zimmer perdura com facilidade, e os efeitos especiais estão ao mais alto nível.

Entretenimento por excelência e a melhor interpretação de Johnny Depp que, recorde-se, foi nomeado para o Óscar de Melhor Actor.


"You best start believing in ghost stories Miss Turner. You're in one!"

10 Eloquentes Intervenções Escritas:

Jorge disse...

Plenamente de acordo. Até vou mais longe, mas isso já é o meu instinto guilty pleasure a falar.

Destaco a banda sonora, magnífica, magnífica, o argumento com os seus malabarismos, os efeitos especiais, e claro a interpretação de Johnny Depp, memorável. Foi pena as sequelas serem, inevitavelmente inferiores, ainda assim não retiram o entretenimento. Esse está em toda a saga, e de que maneira.

abraço

CINE31 disse...

grande entretenimento! o meu favorito dos 3! quando estreou não esperava nada de jeito, mas fui surpreendido pela mistura de acção, comédia e aventura!

JM disse...

A banda sonora não é de Hans Zimmer. Este só compôs a banda sonora para as duas sequelas dos Pirates of the Caribbean. O compositor responsável pela música d'A Maldiçao do Perola Negra foi Klaus Badelt.

Rui Francisco Pereira disse...

Jorge,

Apenas discordamos na parte final: embora Nos Confins do Mundo tenha sido um verdadeiro desastre, considero O Cofre do Homem Morto mesmo superior a este filme ;)


David,

Também não estava nada à espera, mas como disse ao Jorge, não acho o melhor dos três ;)


JM,

Hans Zimmer aparece igualmente creditado ;)

JM disse...

Aparece creditado mas não como compositor. Como pode ser visto no IMDb, Hans Zimmer está creditado neste filme como music editor, music programmer, score producer e soundtrack producer. Por isso acho injusto estares a colocar o crédito pela banda sonora deste primeiro filme ao Hans Zimmer. Dizer-se "a banda sonora de Hans Zimmer", quando foi Klaus Badelt o compositor, é errado.

Rui Francisco Pereira disse...

JM,

Tens razão, obrigado ;)
E o que dizes deste Piratas?

JM disse...

Para mim é o melhor. Compreendo a tua opinião, até eu próprio fico por vezes indeciso, pois Davy Jones é um excelente personagem. Mas aquela sequência de Jack Sparrow na ilha de canibais é, para mim, o grande problema do filme. Não contribui para a história, e o filme já é tão longo, que fico mesmo com aquela sensação de "palha" apesar de ser uma sequência muito boa.

Rui Francisco Pereira disse...

JM,

Tens razão, mas é uma sequência que também não prejudica o filme. Não é das minhas preferidas, e é forçada, mas não prejudica.

E é mesmo dos poucos defeitos que podes apontar ao filme, não? ;)

DiogoF. disse...

Concordo contigo. Um dos meus filmes favoritos, embora muitos o possam apenas aceitar como "guilty pleasure". Gostei menos do segundo (mas ainda gostei) e já dispensava completamente o terceiro. A ver vamos o quarto (com a minha cara musa, Penélope).

Uma das maiores personagens de sempre, Jack Sparrow !

Rui Francisco Pereira disse...

Diogo,

É verdade, vem aí o quarto. Só espero que não caia nos erros do terceiro...

Abraço ;)

Enviar um comentário

O autor deste blogue apresenta os seus agradecimentos pelo comentário e relembra que este beneficiará sempre de uma resposta, já que cada comentário é tido como imprescincível e nunca subvalorizado.

Related Posts with Thumbnails