Blade


"Blade" é, para mim, um filme especial, uma massiva injecção de adrenalina e entretenimento, responsável por quase duas horas de entretenimento nonstop e que se afirma, sem sombra de dúvida para mim, como uma das melhores adaptações da Marvel feitas para o Cinema.

Porque "Blade" tem efectivamente, não só uma série de qualidades como também uma série de virtudes facilmente encontradas... nos seus defeitos.
Em termos qualitativos, "Blade" tem por um ambiente fantástico. Pesado, tenso, negro e adulto, aquilo que se esperaria de um filme de vampiros, mas de forma inegavelmente ( e estranhamente) credível.

Ambiente este que se deve a uma fotografia muito boa, que o torna visualmente apelativo e algo noir durante grande parte da sua duração, bem como um guarda-roupa interessante, uma banda-sonora que se adequa como uma luva e um Wesley Snipes que parece ter mesmo nascido para este papel, de tal forma irrepreensível que faz com que não ocorra ao espectador qualquer outro actor para interpretar o temido caçador de vampiros. Stephen Dorff consegue compensar o seu físico... diminuto com uma postura à altura. Muito competente interpretação.

Mas o melhor trunfo de "Blade" é mesmo a forma como nos apresenta as suas sequências de acção, que privilegiam claramente o estilo em detrimento da substância. E ainda bem! São cenas capazes de me provocarem um brilho nos olhos, transmitindo uma excitação sem fim e um apetite voraz por mais.

Quanto ao argumento, vale maioritariamente pelas one-liners de durão de Blade e por uma exploração surpreendente e louvável da relação deste com Whistler. Apenas na sua recta final (os últimos 30 minutos), "Blade" se deixa realmente arrastar sem glória nenhuma, ainda para mais munido de efeitos especiais quase obscenos...

Mas não há que enganar, "Blade" é um pedaço de estranho Cinema que, para os menos exigentes e mais instintivos, se afirma como um óbvio guilty pleasure. Para mim, é muito simplesmente o meu maior guilty pleasure. Que delícia de filme!


"-You used me as bait?!
-Get over it."

"You give Frost a message from me. You tell him it's open season on all suckheads."

"-There are worse things out tonight than vampires.
-Like what?
-Like me."

2 Eloquentes Intervenções Escritas:

Jogos disse...

Hora dos díalogos Blade vai-se acabar porque segundo dizes já não há mais diálogos! Hurrey! Como agredecimento estou a comentar no teu blog!

Jackie Brown disse...

never!

Enviar um comentário

O autor deste blogue apresenta os seus agradecimentos pelo comentário e relembra que este beneficiará sempre de uma resposta, já que cada comentário é tido como imprescincível e nunca subvalorizado.

Related Posts with Thumbnails