Um belo par...de Patins


Um homem terá de aceitar a tampa dada pela namorada,da pior maneira possível.

A máquina cómica de Judd Apatow nunca foi do meu agrado bem como,aliás,quase todo o seu grupo.Não gostei de "Virgem aos 40 anos",e odiei "Um Azar Do Caraças".Assim,e como se pode compreender,estava de pé atrás em relação a esta comédia.Os meus piores receios não se confirmaram,mas mesmo assim,isso não quer dizer que o filme seja bom.

Se o ponto de partida tem,tal como nas outras duas,potencial para muito,o facto é que,mais uma vez,são poucas as situações realmente hilariantes.Um ou outro gag bem conseguido,mas o geral deixa bastante a desejar.Também as situações de nudez e sexo estão,mais uma vez,presentes embora mais disfarçadas do que em "Um Azar do Caraças".De novo reforço a minha opinião de que cenas de sexo apenas baixam a qualidade da obra se expostas em exagero e,aqui,estão definitivamente em exagero.Haveria alguma necessidade de termos de visualizar o protagonista completamente nu,por mais de uma vez?...
Em relação ao protagonista,Jason Siegel,não é tão hilariante como Steve Carrel(tarefa difícil,convenhamos),mas ao menos tem talento cómico,ao contrário de Seth Rogen.

Enfim,para concluir,se gostaram de obras como "Um Azar do Caraças",recomendo este filme.Se não,deixem-no estar quieto...


Nota-2*

O Melhor-Jason Siegel ainda é o responsável pelos melhores momentos da fita.

O Pior-As cenas de sexo em exagero.

2 Eloquentes Intervenções Escritas:

Pedro Pereira disse...

100% de acordo.

Jackie Brown disse...

ora ainda bem:p

abraço pedro

Enviar um comentário

O autor deste blogue apresenta os seus agradecimentos pelo comentário e relembra que este beneficiará sempre de uma resposta, já que cada comentário é tido como imprescincível e nunca subvalorizado.

Related Posts with Thumbnails