Globos de Ouro 2009


Ora já recomposto (minimamente) do choque desta gala dos Globos de Ouro, aqui fica uma análise mais composta, categoria a categoria.


Melhor Filme de Animação ("Up- Altamente")

Ainda me passou pela cabeça que o entregassem a "Coraline e a Porta Secreta", mas a Pixar varre tudo novamente. Já se começa a tornar enjoativo, não?


Melhor Argumento ("Nas Nuvens")

Se até o próprio Jason Reitman admite que devia ter ido para Quentin Tarantino, quem sou eu para discordar?


Melhor Actriz Secundária (Mo'nique, por "Precious")

Não vi nenhuma das cinco nomeadas a actuar, pelo que apenas fiquei com um ligeiro desconforto, graças a uma leve sensação de que foi o chamado "contra-racismo" que premiou esta obra.


Melhor Actor Secundário (Christoph Waltz, por "Sacanas Sem Lei")

Apesar de ser obrigatória a premiação de Waltz, não deixa de saber a pouco.
No entanto, o alemão esteve muito bem no discurso de aceitação, todo ele à volta de um vocabulário muito especial e espacial (Globo de Ouro). Um dos momentos mais altos da noite, e certamente o mais humilde.



Melhor Actriz Comédia/Musical (Meryl Streep, por "Julie e Julia")

Mais uma vez não vi nenhuma das nomeadas, e apenas tenciono ver a performance de Meryl Streep em "Amar... É Complicado". Ainda assim, penso que aqui se caiu na regra do "à falta de melhor", pelo que não acredito que interpretações como as de Sandra Bullock em "A Proposta" ou Julia Roberts em "Dupla Sedução" sejam merecedoras de um Globo de Ouro.
Claro que Meryl Streep merece sempre qualquer prémio, ainda para mais quando o recebe como se fosse o seu primeiro.


Melhor Actor Comédia/Musical (Robert Downey Jr, por "Sherlock Holmes")

Gostei muito, muito mesmo. Ainda não conclui a visualização de "Sherlock Holmes", mas tenho a certeza que o prémio foi mais do que merecido, até como forma de preencher a falha do ano passado.
Até ver o filme de Guy Ritchie, terei de me contentar a (re)ver o discurso hilariante e elegante de Downey Jr., um dos momentos mais altos da noite.


Melhor Actriz Drama (Sandra Bullock, por "The Blind Side")

Se não deixa de ser surpreendente ver Bullock por estas andanças (drama/prémios), a sua vitória acabou por ser das mais previsíveis.
A curiosidade para ver "The Blind Side" adensa-se.


Melhor Actor Drama (Jeff Bridges, por "Crazy Heart")

Provavelmente a maior surpresa da noite. Ainda assim, é um grande regresso para Jeff Bridges (alguém falou em Mickey Rourke, há um ano?), e que acarreta um dado curioso: Downey Jr e Bridges, protagonistas de "Homem de Ferro", foram ontem premiados.


Melhor Realizador (James Cameron, por "Avatar")

Injusto, decepcionante, ridículo. Premiar Cameron pela overdose de efeitos especiais que conduziu em "Avatar" foi algo que eu sempre esperei que não acontecesse.
Ver o Globo escapar novamente de Tarantino é uma tristeza só superada pela qualidade do discurso de James Cameron, que por duas vezes fez questão de referir os seus problemas do foro urinário.


Melhor Filme Comédia/Musical ("A Ressaca")

Foi inesperado e pode estranhar-se, mas entranha-se bem. "A Ressaca" é de facto uma comédia bem sucedida e, pessoalmente, não me estou a recordar de nenhuma outra que merecesse o galardão.


Melhor Filme Drama ("Avatar")

Antes de mais, vamos lá ver uma coisa: atribuir a "Avatar" uma distinção com base na sua carga de dramatismo é ridículo. É para mim óbvia (apesar de me transcender) a necessidade de premiar a obra de Cameron.
Mas Melhor Filme Drama? O drama de "Avatar" é escasso, falso e por conveniência. Por favor, é um filme de Acção/Aventura, não um drama. Safava-se melhor como Comédia...
E claro que é extremamente injusto premiar esta palhaçada, deixando de fora o melhor filme do século (já para não falar dos outros candidatos, que tenho a certeza que, para além de se adequarem muito melhor na categoria dramática, terão muito mais qualidade).

Homenagem a Martin Scorsese

Foi sentida, justa e menos aborrecida do que a de Steven Spielberg no ano passado. Pouco mais a dizer.

9 Eloquentes Intervenções Escritas:

Nekas disse...

Um ano com surpresas desejadas e indesejadas...

Avatar?!

Então e Tarantino e Sacanas?
Só um Globo???

Abraço
http://nekascw.blogspot.com/

Jackie Brown disse...

Bruno, já sabes que sou da tua opinião, com a diferença de eu abominar mesmo não tanto o filme, mas o fenómeno Avatar.

Abraço

AlexSupertramp disse...

Em relação ao argumento estamos de acordo, Tarantino com o seu Basterds bata a concorrência aos pontos.
Agora na realização penso que o melhor trabalho tenha sido de Katheryn Bigelow em The Hurt Locker, essa sim a maior surpresa da noite, no meu entender.
Em relação ao melhor filme categoria drama, é certo que Avatar tem mais de aventura e acção do que propriamente drama, mas nos globos de ouro eles metem as comédias e musicais num sítio e todos os restantes filmes são considerados dramas, o que é um pouco confuso mas pronto é assim que fazem.


ohomemdaspipocas.blogspot.com

Jackie Brown disse...

Alex,

Não vi (ainda) Hurt Locker, pelo que me abstenho de comentários.

E dou-te razão quanto ao critério dos globos. Deviam existir mais categorias, ou nenhuma ;)

Cumps.

CINE31 disse...

JB, sobre o que perguntaste lá no blog, as imagens tirei do site oficial, a cerimónia está dsiponível para download: http://www.torrentz.com/93b1127a3787ee095a22cc93d430cfec2c91cdcc
ou aqui: http://www.irfree.com/2010/01/18/the-67th-annual-golden-globe-awards-2010-hdtv-xvid-2hd/

Dan disse...

Foi bastante surpreendente a vitória de Avatar, nas categorias de Melhor Realizador e Melhor Filme... O que está em causa nestas vitórias, é o facto de este não ser o melhor filme deste ano, na minha sincera opinião.

Os Sacanas de Tarantino foram o melhor filme do ano que passou. Original, com excelentes interpretações, com grandes diálogos, grande banda-sonora... Infelizmente parece que não é suficiente para vencer o visual de Avatar... É pena...

Já a vitória de Downey Jr. deixou-me de sorriso de orelha a orelha. E o seu discurso foi dos melhores que já ouvi numa gala de Prémios de cinema! :)

Abraço

Jackie Brown disse...

CINE,

Já esta sacado! Gracias ;)


Dan,

É na tua e na de toda a gente! Ainda não vi ninguem que tivesse dito que Avatar mereceu o prémio.

Também gostei muiti da vitória de Downey Jr, embora agora não esteja tão certo de que tenha sido merecida...

Abraços

JM disse...

Com este Avatar muito, mas mesmo muito overrated, fico feliz de saber que não sou o único a nutrir da opinião de que este não é o melhor filme do ano. É de uma injustiça o que se está a passar com Tarantino e com os Bastards...

Quanto a Sandra Bullock, vi ontem o filme e não achei nada que a interpretação dela fosse digna de Globo ou de outros prémios. Comparando Meryl Streep em Julie & Julia e Sandra Bullock em The Blind Side (as duas principais candidatas para o Oscar de melhor actriz), Meryl Streep está muito acima de Bullock. Para além de que The Blind Side não é um filme assim tão bom. Tem uma história bonita, sensibilizadora, etc., mas a meu ver só isso.

Jackie Brown disse...

JM,

Podes ter a certeza que não és o único ;)
Avatar não só não é o melhor do ano, como é um dos piores

Ainda não vi nem Blind Side nem Julie e Julia.
Confesso que só verei aquele cuja intéprete venca (se vencer) o Oscar, porque nenhum me puxa muito..

Cumps :)

Enviar um comentário

O autor deste blogue apresenta os seus agradecimentos pelo comentário e relembra que este beneficiará sempre de uma resposta, já que cada comentário é tido como imprescincível e nunca subvalorizado.

Related Posts with Thumbnails