Blade Runner(Crítico Convidado-Filipe Assis)



Magnífico. A idealização, a partir da obra de Philip K. Dick, de um mundo futuro (poluído, artificial e globalizado) resultou triunfalmente. Ridley Scott concebeu, com um perfeccionismo obstinado, uma obra-prima genuína e deslumbrante. Blade Runner - Perigo Iminente é um poema invulgar, carregado de sensualidade e significado humano. É futurístico, mas a influência que dele emanou e emana fê-lo profético.

Esta análise é totalmente elaborada por Filipe Assis e foi gentilmente cedida ao Cinemajb.

http://cineroad.blogspot.com/2009/01/blade-runner-perigo-iminente-1982.html

0 Eloquentes Intervenções Escritas:

Publicar um comentário

O autor deste blogue apresenta os seus agradecimentos pelo comentário e relembra que este beneficiará sempre de uma resposta, já que cada comentário é tido como imprescincível e nunca subvalorizado.

Related Posts with Thumbnails